• Auteur : http://pt.openoffice.org/
  • Date : 9 de Maio de 2004 (4 de Setembro de 2005)
  • Licence : GNU Lesser General Public License (LGPL) link_license
  • Logiciel : Apache OpenOffice (Notice Framasoft)

OpenOffice.org

Eis, à maneira de The Gimp ou de Mozilla, uma jóia graciosamente oferta pela comunidade dos programas livres ,vindo de um trabalho colaborativo e constante.

OpenOffice.org è um pacote de escritório que propõe:

  • Um processor de texto (Writer),
  • Uma folha de calculo (Calc),
  • Um programa de apresentação (Impress),
  • Um programa de desenho vectorial e de PAO (Draw)
  • Um editor de paginas web
  • Um modulo de criação et de gestão de bases de dados (na documentação oficial, ler o paragrafo consagrado as bases de dados e que vos oferece explicações para criar uma base de dados com OOo, para operar uma migração desde MS access etc...)

OpenOffice.org publicou a versão 1.1.1 (que sucede a versão 1.1) nomeada <>. Esta suite office livre esta disponível para carregamento em ingles e em versão portuguesa. A suite office livre OpenOffice.org (nomeada OOo) è multi-plataforma (ela existe para Windows, Linux, Macintosh, Solaris et FreeBSD). A versão para Mac OS X11 será proposta dentro em breve.

Ela è compatível em leitura e em escrita (portanto em modificação)com os ficheiros da suite Microsoft Office versão XP (e das versões anteriores 2000, 97 ,etc ...). A compatibilidade entre openOffice.org e os ficheiros da suite Microsoft Office è excelente: ela permite portanto a passagem fácil de uma para a outra, o que nos lhe incitamos a fazer sem restrições. Por mais, seu formato de ficheiro fica aberto e baseado sobre o XML o que constitui uma garantia de perenidade, de independência, de interoperabilidade e de acesso à informação para todos os utentes.

Esta versão 1.1.1 contem um grande numero de melhorias e de novas funcionalidades das quais:

  • Uma instalação e um funcionamento mais rápido da suite escritório
  • A integracao de auto piloto DicOOo para os correctores ortográficos e os dicionários
  • O intercâmbio do ponto decimal
  • Melhoria dos filtros d import e export
  • De novas ferramentas complementares

Perante as variadíssimas características da versão precedente 1.1 da OpenOffice.org citamos em particular:

  • Exportação ao formato pdf dos documentos realizados.
  • Os módulos de presentação (impress) e de desenho (draw) permitem d exportarem ao formato Macromedia Flash(formato .swf). Torna se agora posivel de visualizar esses ficheiros num navegador web que tenha o plugin Flash.
  • Ooo tem opções de acessibilidade ( nomeadamente uma possibilidade de contraste elevado) para as pessoas tendo uma deficiência visual.
  • Melhorias de internacionalização (escrita bidireccional e vertical): isto permite ao OpenOffice.org 1.1 de ser traduzido em japonese, hebreu e em varias outras línguas.
  • Gravador de macros (isto é ,tarefas automáticas)
  • Uma ferramenta de filtros de ficheiroXML
  • Um poderoso editor de equacoes.
  • OpenOffice.org permite aos utentes de exportar documentos da OpenOffice.org para formatos compatíveis com os utilizados nos PDA tipo Palm Pilot e Pocket PC.
  • Ooo é agora compatível com banco de dados MySQL.

OOo está sob licença GNU LGPL (Lesser General Public Licence), o que significa que é completamente compatível com a GPL a não ser o facto que se você mexe no código de Ooo para seus próprios fins será então obrigado de por o fruto dessa descoberta também sob licença GPL (perde a recursividade da licença GPL "para ser mais claro"). Sendo assim uma empresa pode muito bem se basear sobre uma versão de Ooo e fazer um produto proprietário e comercial.

PS: para instalar novos dicionários :

  • Documento >Auto piloto instalar novos dicionários (isto abre o documento DicOOo).
  • Clique sobre a língua de sua escolha(por exemplo portugues).
  • Clique sobre o botão rectangular nomeado "lançar DicOOo" siga o processo proposto pelo instalador "DicOOo".
  • Importante: apôs a instalação dos vários dicionários deve reiniciar OpenOffice.org e o lançador rápido situado à direita na barra das tarefas para que as modificações sejam tomadas em conta. pagina informativa

OpenOffice.org 1.1.2 Português

A versão 1.1.2 do OpenOffice.org, em Português contém os seguintes melhoramentos:

* Teclas de atalhos As teclas de atalho foram completamente localizadas e colocadas de forma natural para os utilizadores portugueses.

* Funções do Calc revistas Corrigidos problemas de duplicação de funções

* Correcção de problemas Detecção e correcção de problemas apresentados por utilizadores

* Optimização de plataformas Para Linux, é necessário a glibc 2.3.3 e para Windows foi compilado com optimizador de VC++ 2002 Professional.

* Instalação de fontes da internet O utilizador pode agora instalar fontes no OpenOffice.org da internet.

OpenOffice.org 1.1.3 em Português

Esta versão não trás funcionalidades novas, mas corrige problemas detectados na 1.1.2.

Pode desde já carregar OpenOffice.org 1.1.3 em português nos seguintes servidores:

Para Windows (63 MB)

Para Linux (73 MB)

Forum Português

Registo de Problemas

Lista de atalhos teclados (em PDF)

Commentaires

<< Poster un message >>
:: question :: précision :: avis :: commentaire :: bug ::

> OpenOffice.org 1.1.3 , le 17 de Março de 2005 par Antonio Antas Ferreira (1 rép.)

Tenho um simpad SL4 que comprei recentemente. Dada a dificuldade em trabalhar com o office falaram-me no Openoffice. Será que o posso utilizar neste dispositivo que tem 64MB de memória. Obrigado pela vossa ajuda. Antonio Antas Ferreira

> OpenOffice.org 1.1.3 , le 18 de Março de 2005

visto o que é dito no sitio do Openoffice

* um PC Pentium compatível

* Microsoft Windows 95, 98, NT, 2000 ou XP (2000, ME ou XP necessário para as versões Asian/CJK)

* 128 MB RAM minimos

* 250 MB espaço no disco rígido

agora se ja conseguiste instalar o MSoffice creio que pose usar o openoffice, pessoalmente uso num PII com 64Mo mas não é un pocket pc :)

-----> sitio pt do OOo

Répondre à ce message

Informations complémentaires

Autres articles...

Plus...

Informations générales

Juste une image

culture is not a crime culture is not a crime
Creative Commons BY-SA